Tecnologia em prol de um RH mais HUMANO

Por algum motivo, o que mais tem pipocado em minha timeline do Linkedin são pessoas em busca de recolocação e empresas em busca de talentos. Fico me perguntando por que, mesmo com uma ferramenta tão poderosa como Linkedin, essas pessoas não se encontram?

O RH precisa acordar para o século XXI. Muitos vão me detonar por dizer isso, mas os profissionais de RH precisam cobrar mais dos CIOs por novas estratégias, melhores ferramentas, processos e automações (sim, robôs), para que o RH seja mais humano. O ser humano quer usar a tecnologia para ampliar seus horizontes e não para substituí-lo. O que estamos esperando?

Photo by Braden Collum on Unsplash

 

Recrutadores reclamam que não conseguem dar conta da quantidade de candidatos para filtrar e entrevistar, enquanto há uma míriade de tecnologias disponíveis para escalar seus processos. O problema talvez seja que as empresas e seus CIOs não deem o devido valor a este processo tão vital para o sucesso da companhia.

A grande maioria de profissionais e gestores de RH são formados e especializados em pessoas. O que é maravilhoso. Mas nos dias de hoje, o RH precisa ser levado a sério pelo CIO tanto quanto DevOps e Segurança. São os melhores talentos e a agilidade em repor estes talentos que irão definir o crescimento dos negócios.

Embora devamos admitir que há um esforço enorme dos times de RH, sem apoio da tecnologia – e com uma enxurrada de demandas – o RH, ao invés de robotizado, se torna mesmo desumano. Sem respostas, sem processo, sem clareza, toda experiência em pessoas resulta em frustração de ambos os lados.

Photo by JESHOOTS.COM on Unsplash

 

Empresas como a Taqe, entregam um enorme valor ao processo, personalizando a experiência.

Ferramentas como o Jira Service Management, Jira Software e o Confluence, auxiliam a ganhar escala e visibilidade com processos ágeis.

O Linkedin é a janela onde todos estamos para impulsionar e dar visibilidade a nossas carreiras.

É claro que não posso deixar de mencionar as ferramentas de gestão de RH, que cumprem o papel no ciclo de vida dos relacionamentos de trabalho e controlam os processos uma vez que o talento é descoberto.

E há muito mais lá fora (no sentido de olhar fora da caixa) que precisamos estar atentos.

O que me intriga é que poucas empresas têm investido em INTEGRAR todas essas tecnologias em um processo único. Seria o HRFlow?

O sucesso é garantido, pois melhora a atração, o filtro, as respostas, o controle e as métricas. Além de estarem prontas para escalar e contarem com seres humanos motivados e mais eficientes para girar as engrenagens do negócio com maior paixão e comprometimento.

Photo by Good Faces on Unsplash

 

Personalizar a experiência, escala e visibilidade, processos ágeis, impulsionar e monitorar as carreiras e gerir o ciclo de vida do relacionamento. Fica a dica para os CIOs e gestores de RH.

Por Renato Censi – Co-Founder and Editor of Occupy the Clouds @ Loonar

Siga a Loonar no Linkedin!

tihumana humanit voaloonar